Wishlist
Precisa de estar autenticado para usar a Wishlist.

8 Dicas para comprar na internet com segurança

Imagine que um dia entra num avião e visita diferentes cidades, cada uma com diferentes lojas, a apelar às suas compras de produtos que precisa de adquirir. Imagina-se a comprar os produtos de que necessita numa loja com mau aspeto? Em que não lhe prestam as informações que julga necessárias? Em que o ambiente não lhe inspire confiança? Claro que não. A internet e o coméricio é esse avião com bilhete livre para visitar o que quiser. Você tem o poder de visitar o que quiser e comprar onde quiser... onde se sentir confirtável!

O comércio eletrónico tem crescido exponencialmente em Portugal e no mundo, nos últimos anos. Criar uma loja virtual é hoje relativamente fácil, o que torna este negócio apetecível a muitos. Isto exige do consumidor atenção redobrada, mas não representa nenhum "bicho de sete cabeças". Havendo muita oferta cabe ao consumidor tomar decisões, analisando com calma as opções disponíveis. Aliás, a nossa primeira dica é mesmo essa: 1) não compre por impulso online! (não compre só porque viu uma promoção irresistível; certifique-se de quem está a vender e da reputação dos produtos e processo de venda!).

 

Se não conhece procure conhecer (informação é coisa que não falta na internet):

2) Todas as lojas online são obrigadas a prestar informação sobre os seus contactos, sobre a entidade que as suporta (nome da empresa e nº de contribuinte) e sobre a sua localização física. Telefone, procure saber na internet se os dados apresentados no site correspondem aos dados apresentados, por exemplo, nas páginas oficiais das finanças. Se uma loja só indica um apartado ou e-mail, desconfie.
3) Compre em lojas online geridas por empresas legais. Para além de garantir o pagamento de impostos, as empresas estão sujeitas a regras apertadas nas trocas comerciais, regras essas que os particulares não têm que cumprir ou muitas vezes ignoram; uma compra com fatura é a sua garantia
4) Valorize o poder das redes sociais: pergunte aos seus contactos ou faça uma pesquisa online com o nome da loja para saber que nível de confiança os consumidores atribuem à entidade.

 

Pagamentos – uma questão sensível!

5) A forma mais imediata de garantir que não terá problemas neste capítulo é perceber se o sítio onde está a comprar é de facto uma plataforma segura. Depois de garantir a identidade da empresa, verifique se o sítio onde está a comprar tem instalado um certificado de encriptação de dados – na janela do endereço aparecerá o atalho do sítio precedido de https:// (pode aparecer a verde). Estes certificam que o sítio em questão tem um protocolo de encriptação dos seus dados, ou seja, que ninguém para além conseguirá aceder aos seus dados pessoais, incluindo números de cartões de crédito e informações pessoais.
Não efetue um pagamento sem antes ter recebido na sua caixa de correio eletrónico um documento que comprove a razão da sua transferência e com a referência da sua encomenda.
6) Pague com métodos de pagamento seguros. A transferência bancária continua a ser a forma mais segura de fazer um pagamento, pois no momento da transferência o sistema identifica o nome do titular da compra para quem está a transferir dinheiro (daí que seja tão importante saber o nome da empresa por detrás da loja onde está a comprar). No entanto, existem outras opções muito seguras: a) o pagamento por referência multibanco (utilize se não tiver qualquer dúvida sobre a identidade do vendedor); b) o pagamento com cartão de crédito através de plataformas de pagamento como o paypal (neste caso há inclusivamente uma dupla salvaguarda do consumidor – a plataforma só aceita vendedores validados e, caso se comprovem problemas com a sua encomenda, o valor pago é-lhe devolvido); c) para sítios online que aceitem diretamente o pagamento por cartão de crédito há, em Portugal, a possibilidade de utilização do sistema MBnet, que lhe permite usar o seu cartão de crédito de forma completamente segura.

 

O dia de receber a sua encomenda!

7) Ao receber a sua encomenda certifique-se de que a embalagem não foi violada ou se encontra de alguma forma danificada. Se estiver tem duas opções: 1) rejeita a encomenda e declara na guia de transporte que o estafeta lhe entregar (ou na embalagem) que "Não recebi a encomenda porque a embalagem está danificada" - tire uma fotografia da embalagem, onde seja visível o código da encomenda e entre de imediato em contacto com a loja onde efetuou a sua compra; 2) recebe a encomenda fazendo na mesma ressalva na guia ou na embalagem; fotografe tudo; verifique o estado dos produtos e entre em contacto com o vendedor no máximo no prazo de 24h – em ambos os casos convém guardar todos os dados de contacto com as entidades (emails, fotografias, telefonemas).
8) Ao comprar indique uma morada em que esteja alguém disponível para receber a sua encomenda no dia e no intervalo de tempo acordado com o vendedor. A maior parte das lojas online permite-lhe indicar uma morada de entrega diferente da morada de faturação. É preferível indicar, por exemplo, a sua morada do trabalho ou dum familiar próximo – desta forma garante que os prazos de entrega são cumpridos e que não há devoluções da sua encomenda (por norma, se à segunda tentativa de entrega, o cliente não recebe a encomenda, as empresas de distribuição devolvem a mesma à loja – o reenvio tem custos para o consumidor!).

 

Lembre-se também:

  • Hoje há muitos mecanismos de proteção que blindam o consumidor e evitam chatices, tornando o comércio online numa ferramenta segura, prática e vantajosa!
  • Uma loja profissional terá um Serviço de Apoio a Clientes que ajudará no processo de pré e pós venda. Do outro lado estão pessoas que, de um modo geral, quererão ajudar a resolver os seus problemas!
  • No final, partilhe a sua experiência com os seus amigos e contactos. A melhor forma de valorizar as boas empresas e desvalorizar os maus profissionais é partilhar a sua experiência!

Na pimpumplay trabalhamos diariamente para que a sua experiência de compra online seja o mais rápida, cómoda e eficiente possível! Se ainda não o fez, ponha-nos à prova!

 

Partilhe esta página:

Últimas Notícias via Facebook